Escada Reta
Representação de escada reta

Na figura acima, a seta indica o sentido de subida da escada, o espelho é a altura entre dois pisos que tem a dimensão de 18 cm que devem ser todos iguais na mesma escada, o piso é o comprimento de cada pisada, no caso, 25 cm. Essas dimensões de 18 x 25 cm são adotadas na prática por muitos profissionais como base, infelizmente não são as dimensões ideais, para se construir uma escada ideal são necessários alguns estudos criteriosos com base em normas e algumas fórmulas. Veja nosso artigo desafios-para-se-construir-uma-escada.

Tipo de escada mais utilizado

Escada reta é o tipo mais simples e convencional usado com mais frequência, porém toda escada é especial, porque não existe uma escada exatamente igual a outra em todas as suas dimensões, somente o tipo e o modelo se assemelham. Mesmo em um conjunto de casas iguais, o ideal é fazer um estudo caso a caso, o desenvolvimento de uma escada é um trabalho similar ao de um alfaiate que tira todas as medidas (dimensões) da pessoa para que a roupa fique perfeita.

As variações de medidas ocorrem por vários motivos, que podem iniciar com a escolha dos revestimentos aplicados no piso inferior e superior ao rebaixo de forro necessário para instalar algum equipamento, até uma viga existente no local onde a escada será instalada, são aspectos e detalhes que parecem óbvios, mas passam despercebidos com frequência ao projetar uma escada.

Aspectos importantes de uma escada reta.

As escadas retas ficam geralmente escondidas atrás de uma divisória, ou fixadas em um lado de uma parede, seu resultado final dependerá dos materiais utilizados nos degraus, do seu desenho que compõe e traduz a ligação entre os dois ambientes, do guarda corpo e corrimão, os detalhes fazem uma grande diferença na estética de uma escada.

Escada reta com patamar. 

Escadas retas com patamares, são as mais indicadas para aquelas que cobrem grandes alturas verticais. Os patamares permitem que os transeuntes descansem sem interromper o ritmo da subida. Em escadas retas muito longas recomenda-se prever vários patamares para não tornar a subida cansativa ao extremo.

Calcular adequadamente os ângulos e as distâncias das escadas é um exercício fundamental para que a disposição dos patamares, não interfira nos espaços interiores do ambiente. Assim mesmo, para que o trajeto da escada não resulte em incomodo, os patamares, se situam habitualmente em locais que se conectam nas diferentes plantas dos pavimentos.

 

Deixe uma resposta